O filho que não tive…

Estou! Estou. Estou? Hoje comemoro o aniversário de dois anos do filho que não tive. Acaricio cuidadosamente cada um de seus fios de cabelo. Tímido, ele me diz nada. Sorrio e confirmo ingênuo, sem palavras. Aquela-que-se-despede acena num gesto pueril e obsceno. Como a amo… tanto quanto ao filho que não tivemos… Estou – talvez […]

Leia mais O filho que não tive…

Menino contr’o muro em S.V

Em milhares de pedaços avermelhados parte-se um peito como se abre o bulbo de uma flor   ruboriza-se  o corpo todo dos pés às amígdalas onde o furtivo aroma furta-cor furtava…   Foi num crime (Tum-Tum-Tum) tiros contra um peito latente. Uns aplaudiam lancinantes outros sorriam satisfeitos – cães latiam –  e ninguém se assustava… […]

Leia mais Menino contr’o muro em S.V

Atlas

  Sempre enfrente, sempre em frente Militar – o verbo contra o substantivo – o substancial contra a verborragia o popular contra o populismo Sem subterfúgio, sem medo de naufrágio, tocar o barco em meio ao temporal Seguir em frente, enfrente! Mesmo com os tornozelos acorrentados, mesmo com o peso do mundo sobre as costas […]

Leia mais Atlas